seta

65 postagens no blog

Sobre cozinhar, prevenir e ter esperança.

20/05/2020 01:11

Confesso, tenho maior prazer em cozinhar para família e amigos, sempre que posso vou para cozinha e saem pratos deliciosos, mas está acabando meu repertório culinário para fazer as refeições, além dos lanches diários, minha criatividade não chega a tanto, já são mais de 60 dias cozinhando todos os dias, pra a esposa, para a filha e pra mim. Já repeti pratos dando um tempero novo, reaproveitei sobras, inventei almoço com pratos doces, corri mundo experimentando receitas de vários povos, inventei receita que nunca imaginaria comer.
Aproveitei dicas da Ana Maria Braga, do Tudo Gostoso, de alguns chefs e Chefs, de youtubers, de donas de casas, de blogueiras metidas a cozinheiras, de marmanjos de plantões querendo impressionar ‘’as mina’’ e por aí vai.
Vi que meus temperos estão acabando ( e a grana também pra repor ).
A esposa só sabe fazer cuscuz, miojo e ovo cozido.
A filha arisca uma tapioca e uns brigadeiros de leite moça.
Não tenho paciência para assistir os masters chefes da vida, tenho medo de usar delivery, receio ir à self-services ou restaurantes ( até por que tenho que economizar).
Quando essa porra de pandemia acabar vou sentar numa churrascaria, me empanturrar até "c. fazer bico”. Vou me convidar para ir comer na casa de amigos,(se preparem) de parentes e até de inimigos ( se por ventura tiver). Vou passar o mesmo tempo da pandemia sem chegar perto da cozinha e, claro, nem vou poder reclamar dos ovos cozidos, dos cuscuz, miojos e tapiocas. Quem sabe assim perco os quilos que ganhei nesse estressante período de engorda com o isolamento social.
Bom, isso se tudo correr bem, se esse maldito COVID-19 não engraçar de aparecer por aqui.
Por enquanto, continuarei a usar máscaras de panos,
( ganhei umas lindas da amiga Renata Medeiros , personalizada), litros de álcool em gel e o sagrado vinho tinto pra relaxar, sem esquecer do uso do sabão até os cotovelos.
Estão dizendo que tomar o amargo chá de boldo, (hoje fiquei sabendo que é bom, e que os manauaras estão consumindo muito, se não prevenir do corona, pelo menos meu fígado estará em forma para tomar "umas"). Vitamina C não pode faltar. Pelo sim, pelo não, já fiz uso da Ivermectina, (muito provável que desta vez o piolho seja erradicado da face da terra); seguindo recomendações, tomando pelo menos 20 minutos diários de sol na varanda para sintetizar vitamina D, e 3 litros de água. As tardes são reservadas para a prática de exercícios físicos com a família, sorte ter em casa uma personal trainer e avaliadora fisica das melhores, para montar orientar no treinamento e realizar minhas avaliações físicas.
Vou esperar tudo isso acabar me divertindo com as gravações e postagens de vídeos, cantando e interpretando poesias, produzindo meus desenhos e pinturas, e praticando fotografar em casa.
As noites na varanda, deitado na rede, vendo a chuva molhar a cidade reflito sobre a vida.
Netflix já “bati” maratonando madrugadas a dentro, Amazon, Globo Play, Tele Cine, assinei e desassinei no período de gratuidade...pouco ou quase nada interessante.
Acho legal constar que os telejornais estão bloqueados buscando enfrentar a crise com tranquilidade e boa saúde mental e sempre que oportuno, deletando das redes sociais, links e pessoas tóxicas que insistem em fomentar o ódio com conflitos politiqueiros e disseminação de fake news sobre o coronavírus.
Apesar de tudo, estamos segurando a barra, felizes, com saúde, em perfeita harmonia e muita fé em Deus.
Eu só queria pedir umas receitas legais, gostosas, simples e baratas para continuar agradando esposa e filha e acabei empolgando dando uma viajada geral na maionese... mas foi legal, monologuei com vocês e encontrei o que fazer em mais esta noite de insônia. Boa quarta-feira e continuem em casa.
.
Na foto, fazendo travessuras com minha caçula, Nicole Taques para driblar o tédio.

seta

19 de março - Meu aniversário, confinado.

19/03/2020 07:49

19 de março, meu aniversário e confinado, sem beijos nem abraços, mesmo assim feliz e esperançoso de dias melhores, ao lado da filha, esposa e, a distância, pela internet, recebendo o carinho dos amigos e familiares. Eu imaginava que nesses anos todos já teria passado e visto tudo nessa vida, mas não, por essa não esperava. Como dizia Raul, " no dia em que a terra parou.." e aconteceu, estamos vivendo essa profecia do "maluco beleza", a vida imitando a arte. Saberemos passar por mais essa com serenidade.Olha que legal, acordei com um gostoso café da manhã preparado pela filha Nicole, vi meio escondido um pacote todo enfeitado e da cozinha vindo um cheiro delicioso, inconfundível, de bolo de chocolate, com certeza para mais tarde cantar os "parabéns pra você", a três, quando provavelmente também receberei o presente. É tirar proveito da situação, saber viver e valorizar esses momentos em família tão pouco vividos no dia a dia. Como ainda é cedo, quase ninguém na rua, vou dar uma saidinha até o mercado, comprar um vinho e uns queijos para brindar a nova idade, agradecer a Deus e aguardar que nos próximos ( que sejam muitos ) possamos comemorar como beijos, abraços, vinhos, músicas e muita comida gostosa, como eu gosto.

seta

COVID - 19 Forma de prevenção

15/03/2020 15:42

Quanto mais cedo nos distanciarmos mais cedo nos abraçaremos !

De repente uma nova ordem mundial: afaste-se, fique longe das pessoas, evite espalhar a contaminação. Confesso minha dificuldade de pôr em prática essa ordem,                                logo eu  que  gosto de sentir o calor das pessoas, abraçá-las, sentir seu cheiro. Ainda hoje encontrei uma amiga muito querida; ela, já ciente dos cuidados impostos,  nem  me  deu  a mão, voltei a minha toda constrangida  na metade do caminho, segurei o impulso do abraço e do beijinho e abri  um largo sorriso como querendo dizer, “-não estou  contaminado”, mas não adiantaria, tive consciência da atitude e da importância de adotá-la.  Vou ter que amarrar minhas  mãos, colocar uma  fita vermelha nos dedos para lembrar, único jeito. Mas vou conseguir, portanto,  se você encontrar comigo por ai  e eu  não estender o braço para apertar suas mãos,  não lhe der aquele  abraço forte de sempre, não  fique chateado(a), estou   zelando pelo nosso bem estar.   Afinal não precisamos de mãos e  braços para abraçar.  Sinta-se carinhosamente   abraçado(a). 

seta

Exposição fotográfica das prévias carnavalescas de Maceió

21/02/2020 11:04

Exposição do Maceió40Graus reúne 80 fotos das prévias carnavalescas de Maceió

Se você participou de pelo menos uma das prévias carnavalescas de Maceió, sua foto poderá estar fazendo parte da exposição que o Maceió40Graus inaugura, nesta sextata-feira (21), na praça central do Maceió Shopping. São cerca de 80 imagens que mostram a alegria e a irreverência dos foliões durante as festas que antecederam a folia de momo na capital alagoana.

A exposição conta com 48 clicks registrados pelos sete fotógrafos do Maceió40Graus, Jakson Kenedy, Flávio Cansanção, Wagner Santana, Bruno Figueredo, Igor Araújo, Cleverton Pedro e Talita Farias. Há também outras 32 fotografias dos fotojornalistas Felipe Camelo e Hugo Taques, convidados para participar da mostra. Portanto, no total, são 80 imagens.

E a novidade desta exposição é a volta do empresário Marcelo Freire, sócio do Maceió40Graus, também na condição de fotógrafo. “Essa é uma mostra muito especial porque é primeira vez que estamos expondo imagens das prévias carnavalescas de Maceió, ainda durante o período de carnaval, e resolvemos exibir essas fotografias porque, agora em 2020, tivemos o melhor ano desses eventos, com fantasias lindas e bastante criativas, e uma animação sem igual que tomou conta das pessoas. Os foliões realmente deram um show de alegria. Além disso, estou bem feliz por ter voltado a fotografar. Foi uma emoção” disse ele.

“Destaco também a volta do Bloco Caveira, que estava vivo na memória afetiva de milhares de alagoanos. A gente via no rosto de todo mundo a felicidade de estar cantando e dançando atrás do trio novamente”, completou Marcelo Freire.

Roberta Arruda, também sócia do Maceió40Graus, ressaltou que a equipe de fotógrafos trabalhou muito para fazer um grande trabalho. “Eles estavam bem preparados para fazer os melhores cliks”, reforçou ela.

E eu, que praticamente cobri todos os bailes de clubes da cidade, estarei com 16 fotos na exposição  que está belíssima. Vale a pena conferir!!!

Festas contempladas

As fotos que integram a exposição contemplam, dentre outras festas, o Jaraguá Folia, os bailes da Wilma, VIP, Vermelho e Preto, Azul e Branco, da Liga Feminina do Cancer, dos Seresteiros da Pitanguinha, os blocos Caveira, do Rei e da Turma da Rolinha e o desfile do Pinto da Madrugada e das Pecinhas de Maceió.

A exposição ficará aberta ao público a partir desta sexta-feira (21) e seguirá até o dia 1 de março, das 10h da manhã às 22h, na praça central do Maceió Shopping, localizado no bairro de Mangabeiras.

seta

ConversIDADE Gerontológica - Carnaval de Antigamente

06/02/2020 00:10

Recentemente escrevi uma crônica contando minha história com o carnaval, intitulada, Eu amo carnaval! Publiquei a despretensiosamente nas minhas redes sociais e fiquei surpreso com a quantidade de vezes que foi lida, comentada e compartilhada que até me rendeu um convite muitíssimo especial para participar da programação do evento, ConversIDADE Gerontológica - Carnaval de Antigamente ( relatos de vivências e musicalidades em versos e prosa carnavalesca), promovido pelo gerontólogo FranciscoSilvestre Dos Anjos, que acontece nesta quinta-feira (06/02), a partir das 14 horas na FACIMA e lá estarei ao lado de renomados e respeitados historiadores e cantores alagoanos como, Igbonan Rocha II Carlito Lima Madalena Oliveira Fátima Maia e Orquestra de FrevoTrombone Dourado, fazendo uma leitura dramatizada e cantando as marchinhas citadas na crônica.
Lisonjeado com o convite e orgulhoso em participar.

Todo mundo convidado
Quer ler a crônica? acesse pelo link https://www.facebook.com/hugotaques/posts/2821473107917572?__tn__=K-R

seta

Primeira Edição © 2011