Volta às aulas: Estudantes são recepcionados com websérie

Projeto foi produzido em parceria com a FMAC

17/09/2021 14:05

A- A+

Assessoria

compartilhar:

O teatro é uma das muitas artes que inspira a prática de observar o mundo de forma reflexiva, crítica e criativa. Pensando nisso, a direção da Escola Municipal Luíza Oliveira Suruagy, localizada no bairro do Ouro Preto, recebeu seus alunos na volta às aulas, nesta segunda-feira (13), com uma websérie teatral de dez episódios focada em conteúdos educacionais e pedagógicos. O projeto é fruto de uma parceria com a companhia Nêga Fulô e foi viabilizado pela Fundação Municipal de Ação Cultural (FMAC) através da Lei Aldir Blanc.

A série, intitulada como “Luizinha da Fulô – Desabrochando Conhecimento”, é integrada ao projeto político pedagógico da escola. O material acompanha atividades complementares e é exibido em sala de aula logo após uma avaliação dos professores. “Devido à pandemia, para a segurança de todos, os episódios são apresentados de sala em sala. Primeiro nas turmas da manhã, depois nas da tarde e também para a EJAI (Educação de Jovens, Adultos e Idosos). O conteúdo é, realmente, bem dinâmico”, relata Regis de Souza, diretor da escola.

Com o objetivo de alcançar todas as turmas da escola, os episódios serão exibidos de forma gradativa. Cada lançamento é previsto em um intervalo flexível de até 15 dias. É possível conferir o primeiro episódio.“Justamente por conta dessa dinâmica de rodízio entre as turmas, a gente não quer determinar uma data para o lançamento de cada episódio. Nós iremos lançar de acordo com esse objetivo de incluir toda comunidade, para que todos na escola tenham a chance de acompanhar”, explica Regis.

Após as exibições presenciais, os capítulos são publicados através dos perfis da escola no Instagram e no YouTube.

No primeiro episódio ocorrea a apresentação da escola de forma descontraída. Nele, também se explica a importância do uso dos totens de higienização, tapetes higienizadores e demais elementos de proteção sanitária dispostos pela escola. Um dos personagens, o palhaço Toquinho, apresenta todos os ambientes da unidade após as reformas feitas para o retorno seguro dos estudantes, sempre enfatizando as mudanças para a adequação às normas de segurança sanitária.

A série de vídeos é resultado da segunda parceria entre a escola e a companhia teatral Nêga Fulô. No primeiro projeto dentro da escola, o grupo foi acolhido como fonte de inspiração, reconhecimento e identificação entre os estudantes. “A cultura, sem dúvidas, é uma mola propulsora de empoderamento, que serve como referencial para contar a história de todo um povo. A escola tem a obrigação de manter viva a cultura da sua comunidade. É nisso que a gente acredita, na cultura como um meio de transformação social, capaz de preservar a nossa história como povo e alavancar o aprendizado”, acrescenta Rejane Albuquerque Lins, vice-diretora da escola.

A primeira aparição do grupo teatral foi através da dinâmica de um teatro de fantoches, como lembra Esther Cecília Silva Lima, aluna do 3º ano C, que também viu o primeiro episódio da série em vídeo. “Eu já assisti e gostei. Da outra vez, eu lembro que eles fizeram um teatro com bonecos, explicando porque é importante escovar os dentes. Eu achei legal”, contou a estudante.

Os temas de cada capítulo foram escolhidos em reuniões entre os docentes da própria unidade, levando em conta o currículo escolar e os assuntos mais pertinentes dentro dos contextos socioeducativos. Entre eles, ficaram em destaque os protocolos de segurança e distanciamento para um retorno seguro ao ambiente escolar. Assim como a apresentação de medidas de proteção contra a dengue e a importância da reciclagem de materiais nocivos ao meio ambiente.

Segue abaixo a lista completa com o título dos episódios:

1. Apresentando a Escola Luiza Suruagy

2. Protocolo Escolar

3. Dengue

4. A Importância do Ato de Ler

5. Acessibilidade AEE (Atendimento da Educação Especial)

6. Meio Ambiente – Lixo

7. Abuso Sexual é Crime

8. Violência Contra a Mulher

9. Meio Ambiente – Água/Floresta/Reciclagem

10. Exploração do Trabalho Infantil

Primeira Edição © 2011